sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

153 anos da desencarnação de ALLAN KARDEC - palestra solene


Nascido aos 03/10/1804, Hippolyte Léon Denizard Rivail, tornar-se-ia conhecido mundialmente pelo pseudônimo de ALLAN KARDEC.

No dizer de Camille Flamarion, foi o "bom senso encarnado".

No dia 31/03/1869, retornava à Pátria Espiritual, vítima de um aneurisma.

O CEDE Joanna de Angelis realizará uma reunião solene em lembrança à sua desencarnação, que será realizada por Fábio Moraes, trabalhador da Casa Bezerra de Menezes.

Em sua homenagem, o Poeta Cruz e Souza, psicografou o soneto a seguir, pela Mediunidade de Chico Xavier, publicada originalmente em agosto de 1987 pelo IDE e é a 6ª lição do livro “Fonte de Paz”.
 

O herói

Afrontando o aguilhão torvo e escarninho

De sarcasmos e anseios tentadores,

Ei-lo que passa sob as grandes dores,

Na grade estreita do terrestre ninho.


Relegado às agruras do caminho,

Segue ao peso de estranhos amargores,

Acendendo celestes resplendores,

Atormentado, exânime, sozinho…


Anjo em grilhões da carne, errante e aflito,

Traz consigo os luzeiros do Infinito,

Por mais que a sombra acuse, gema e brade!…


E, servindo no escuro sorvedouro,

Abre ao mundo infeliz as portas de ouro

Para o banquete da imortalidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© 2015 - 2022 - Centro de Estudos e Difusão Espírita Joanna de Angelis - CEDE
Rua Marechal Castelo Branco, 115 - Heliópolis, Garanhuns - PE - CEP 55296-580
Qualquer material deste site pode ser utilizado desde que citada a fonte